Criadores & Criaturas



"Penetra surdamente no reino das palavras.
Lá estão os poemas que esperam ser escritos.
Estão paralisados, mas não há desespero,
há calma e frescura na superfície intata.
"

(Carlos Drummond de Andrade)

ENVIE SUA FOTO E COLABORE COM O CARIRICATURAS



... Por do Sol em Serra Verde ...
Colaboração:Claude Bloc


FOTO DA SEMANA - CARIRICATURAS

Para participar, envie suas fotos para o e-mail:. e.
.....................
claude_bloc@hotmail.com

sábado, 12 de fevereiro de 2011

FALANDO DE FLORES - Por Edilma Rocha


 VERBENA, Verbena officinalis, a pequena notável. Uma planta de muitos dons: atrai o amor, afasta o sofrimento, é afrodisíaca para o homens e suas sementes trazem prosperidade por onde quer que floresçam. Planta herbácea, perene e rústica. Altura entre 30cm. Origem América do Sul.


Apesar de modesta, a Verbena sempre teve um alto conceito e até mesmo um caráter sagrado para muitas culturas. Na antiguidade era usada em cerimônias religiosas e para prever o futuro. No Egito havia  a crença de que a planta havia se formado a partir das lágrimas de Ísis, a Mãe Cósmica. Os sacerdotes gregos a usavam sempre junto de suas vestes. Dedicada a Vênus, era usada no elixir do amor. Nos altares romanos era usada para a purificação espiritual.

 
Cultivada em solo argiloso, fértil e bem arejado, sob o sol ou sombra pouco densa. Semear na primavera. Pode ser cultivada dentro de casa. Na culinária, as folhas costumavam ser usadas em vários pratos e licores para despertar o amor. Compressas feitas com infusão das folhas aliviavam olhos cansados e pálpebras inchadas. Na medicina, é usada como digestivo e sedativo. Os druidas empregavam uma infusão floral com erva para purificar a visão. E os anglo-saxões usavam a erva em bálsamo sagrado como proteção contra todos os males.

Fonte : Jardim Interior - Denise Cordeiro

PARA SERMOS FELIZES - Por Edilma Rocha

Que fiquem para trás as desilusões e
as mágoas que corroem nossa mente
para conquistarmos a verdadeira felicidade.
Esqueçamos as injúrias,
a incompreensão dos alheios
e procuremos conservar os verdadeiros amigos.
Assuntos que mentalizam tragédias
e rendem comentários negativos,
não devem fazer parte de nossas vidas.
Cultivar atos e feitos construtivos
edificam nossa caminhada numa natureza divina.
Esqueçamos os fracassos
e tomemos a frente das esperanças
com realizações voltadas
para um futuro feliz.
Retiremos da nossa memória as amarguras
e cultivemos os sonhos bons
que nos abram os caminhos
da plenitude espiritual.
Fazer o bem, desejar o bem,
do próximo,
é criar amor a si mesmo.
Precisamos procurar a paz interior
dedicando-se a Deus
que certamente abrirá
as portas da felicidade.



A ciência do passo seguinte - Emerson Monteiro

Às vezes acontece parar o barco, isso na firme intenção de acertar e vencer os pensamentos da dúvida em relação ao que cabe fazer nas ações imediatas do percurso. Nessas horas, torna-se necessário saber agir e preencher o momento seguinte, independente de poder distinguir o duvidoso e o certo, sob as névoas das situações. Mas não existe a alternativa de não querer prosseguir, ir em frente. É a tal síndrome do próximo passo que quem vive atravessa a todo segundo, chova, ou faça sol, porquanto viver significa persistir na marcha.
Bem aqui, pois, entram no campo as lições dos que estudaram este assunto de seguir, de dominar as condições, dentro dessa linha inevitável dos caminhos constantes, onde agir representa quebrar os selos da porta do tempo, lacrada antes de nelas chegarmos. O direito universal de avançar, contudo, impõe leis para um desempenho satisfatório, quais sejam elas: evitar destruir as possibilidades dos outros, praticar conhecimentos adquiridos e confiar ao desconhecido nossas apreensões. No entanto, numa espécie de compensação, se deve saber colher o que plantou, no campo das práticas desenvolvidas no combate. Natural usar da justiça, porquanto a natureza ensina querer a si aquilo que oferecer aos demais, norma elementar do justo merecimento.
À medida que descobre os segredos da sabedoria, neste mundo perigoso, se anda nas estradas com a produção de resultados positivos. O valor que denominam cultura quer dizer tradição do conhecimento, guardada para posteriores experiências em forma de trabalho e técnicas.
O passo seguinte nada mais impõe do que praticar os modelos ensinados pelos outros e adquiridos por nós próprios durante as nossas ações. Parar, silenciar um pouco e tomar decisões exigem concentração, reflexão e atitudes verdadeiras.
Escolher o jeito ideal só no decorrer das jornadas se aprende e transmite, na ciência de caminhar pela vida afora. Tantos, milhões até, acertam e empreendem iniciativas de proveito, o que também todos podem cumprir de igual maneira. Resta somar tristezas, alegrias, fracassos e sucessos, para montar a solução dos enigmas e das ocasiões. Neste procedimento, reunir coragem e disposição de trabalhar, outra das leis essenciais ao bom êxito dos planos de voo. Acrescentar boa vontade, amizade, humor, convicção, prazer, iniciativa, emoção; descortinar o tempero dos pratos deliciosos que, por isso e bem preparados, reservam as estações dadivosas das existências mais felizes.

Ministro Fernando Bezerra e Governador garantem verbas para o Crato

Restaurando a verdade que os "Espíritos de Porco" querem deturpar !


"Nós não cometeremos essa irresponsabilidade; De estarmos aqui trazendo uma notícia verdadeira e alguém querer de forma irresponsável, desculpe o termo forte da palavra, querer tirar um proveito para desmerecer o trabalho que está sendo conduzido pelo prefeito municipal, pelo governador do Estado do Ceará e aceito, e muito bem aceito pelo ministro Fernando Bezerra Coelho."

Arnon Bezerra

O governador em exercício Domingos Filho e o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, acertaram em uma ligação telefônica ocorrida na tarde desta quinta,10, todos os detalhes que irão assegurar a reconstrução da cidade do Crato. " O ministro Fernando Bezerra foi muito atencioso com as reivindicações apresentadas e que serão atendidas para garantir a recuperação do Crato", afirmou o governador em exercício Domingos Filho ao portal Ceará Agora.

No acordo firmado com o aval do governador em exercício Domingos Filho ficou tudo bem definido: o Governo do Ceará através do DER irá fazer o projeto de reconstrução do canal do Grangeiro e de outras obras necessárias por causa das chuvas e o Ministério da Integração Nacional irá liberar as verbas para a execução.

Esse entendimento tranquiliza a população do Crato e põe fim a polêmica sobre o real interesse do ministro Fernando Bezerra em atender as reivindicações do prefeito Samuel Araripe com o aval do Governo do Ceará. " O ministro Fernando Bezerra tem todo interesse e sensibilidade com a gravidade dos problemas vividos pelo Crato", disse Domingos Filho.

Quem também ressaltou o trabalho do ministro Fernando Bezerra foi o deputado federal Arnon Bezerra. Hoje,Arnon conversou com o ministro que reafirmou sua vontade de ajudar o Crato. Arnon também destacou todo o empenho pessoal do governador em exercício Domingos Filho em intervir para solucionar os problemas enfrentados pelas vítimas das chuvas no Crato.

Em entrevista ao Programa Antonio Vicelmo, na Rádio Educadora do Cariri, Deputado Arnon Bezerra desmente boatos de que o Ministro não iria ajudar o Crato


http://3.bp.blogspot.com/-JjxHr2-t0oE/TVbozcc93wI/AAAAAAAAVck/PoJctQZvLTo/s1600/78bdfae6d8%2Ba.JPG


Arnon Bezerra: "É uma alegria poder voltar aqui, poder dar essa informação. Eu de pronto fico satisfeito com a notícia que você leu anterior à nossa conversa, a notícia sobre o governador, porque nós estivemos com o ministro na Sexta-feira, através do telefone, quando aconteceu o incidente, na semana que passou, durante 3 vezes, e duas vezes essa semana. São 6 vezes. E eu quero dizer aqui ao povo do Crato, do cariri e do Ceará, que eu estou satisfeito com essa declaração do governador, porque tenho tido, e o prefeito pode testemunhar isso e o governador também, toda a atenção que um ministro pode dar a um parlamentar, sempre se prontificando, inclusive repetiu na frente do prefeito, do governador, a vontade de vir ao Crato.

É claro que a gente sabe, durante esse período inteiro, que sobretudo nesse início de ano, janeiro, por exemplo, não foi só o Crato; Grande parte do país se viu momentos com chuvas com enchentes, e outros com sêcas, como está havendo agora no próprio estado do Rio Grande do Sul. E essa notícia que saiu ontem, impressionante, que a notícia foi divulgada pela informação de alguém que esteve presente no gabinete do ministro, e eu não sei com que intenção uma pessoa espalha uma notícia dizendo que o ministro não teve a atenção necessária para com o Crato, não se sensibilizou... Ora, qualquer pessoa se sensibiliza, imagina um homem público que está com a responsabilidade de atender. Esse reparo que eu quero fazer aqui é o que foi dito, e eu sei mais ou menos de onde partiu, realmente é desgastante. A gente procura fazer todo um esforço, sensibilizar o ministro, e de repente, você é acordado ainda muito cedo do dia de ontem com o ministro perguntando "o que tinha dito de errado para parte da imprensa do ceará divulgar notas infundadas como aconteceu. É lamentável.

Vicelmo: É lamentável, inclusive eu vi, não li aqui porque achei que não tinha cabimento...

Arnon Bezerra: "Uma grosseria que foi feita com o ministro, uma grosseria. Isso é para querer desmerecer um trabalho que nós estamos fazendo. Quem quiser chegar junto,pode chegar. E eu quero fazer uma ressalva aqui: Recebi telefonemas de apoio da própria bancada, o prefeito se prontificou de conversar com a bancada federal, lá com os 3 senadores e os 22 deputados federais pra ver isso. Recebi, repito, telefonemas e conversei bastante com o deputado Manoel Salviano, conversei com Eudes Xavier, o próprio deputado José Guimarães, o Senador Inácio Arruda, enfim, todos que chegaram e manifestaram ( Senador Eunício Oliveira e o Pimentel também ). Então, são pessoas que estão chegando e fazendo força, agora não tem necessidade de chegar lá todo mundo. Evidentemente que tem aqueles parlamentares que se responsabilizam por determinados setores, ou então um trabalho, e a gente vai na medida do possível, todos eles se prontificaram. Agora, teve gente que pariticipou e saiu com essa notícia "LOUCA" ferindo inclusive...só para registrar que tudo o que o ministro fez foi uma atenção muito especial. Fez o trabalho necessário. O governador disse a ele nas palavras iniciais, o prefeito está aqui e pode testemunhar isso, e eu quero dizer ao povo do Crato, ao povo do Cariri para evitar qualquer dano que venha a acontecer. A gente faz um trabalho, quem quiser somar a esse trabalho, todos nós o receberemos bem, não eu só, mas sobretudo o povo do Crato e do Cariri. Nós não queremos espalhar aqui ressentimentos e fazer um trabalho do "eu sozinho". Não existe essa estória do "eu sozinho". Eu acho que discurso político é uma coisa, discurso que vem apenas a atrair a simpatia do voto é outra coisa e nós não cometeremos essa irresponsabilidade; De estarmos aqui trazendo essa notícia verdadeira e alguém querer de forma irresponsável, desculpe o termo forte da palavra, querer tirar um proveito para desmerecer o trabalho que está sendo conduzido pelo prefeito municipal, pelo governador do Estado do Ceará e aceito, e muito bem aceito pelo ministro Fernando Bezerra Coelho."

Com informações do Blog do Crato, Site Ceará Agora e Rádio Educadora do Cariri.

www.blogdocrato.com

ORGULHO DE SER CRATENSE - Por Claude Bloc

SOUS LE CIEL DE LA FRANCE

Ana e Tony Bloc (em Paris)
Nicole, Ana, Jean-Luc e Tony Bloc (sur les ponts de Paris)


Cidade, Paris. Sorrisos cearenses. No peito o orgulho de ser cratense (veja a estampa da camisa). É isto que distingue as pessoas que amam o Crato. Onde quer que estejam, levam no peito o amor à sua terra, com sabor de saudade. Vão, mas voltam. Levam sonhos e trazem a alegria genuína de ter desbravado o mundo, mas o compromisso interno e íntimo de levar consigo o cheiro, o som e o gosto de vida do seu torrão. 

A França foi o sonho. Sentir a origem. A terra onde nasceram Hubert e Janine Bloc. Tocar o chão. Ver os monumentos, sentir a História. Olhos rasos d'água. Emoções a cada passo. A França teve, é claro, muitos encantos a serem descobertos, vividos pelo toque sereno de um céu diferente. Nas paredes, nas ruas nas casas, na gente da França, o efervescer das saudades daqueles que amamos.

Na volta ao Brasil, um tesouro guardado na alma. Uma alegria emocionada.

Claude Bloc

ENCONTRO COM AMIGOS - Por Edilma Rocha

Monica Araripe e Edilma
Sem palavras ....

CORAÇÃO ESTRADEIRO (ao mestre Dominguinhos) - Por Marcos Barreto de Melo


nesse cavalo de aço
sem arreio, sem espora
levo um sorriso, um abraço
viajando mundo a fora
sou andande sanfoneiro
nasci pra tocar baião

meu coração estradeiro
tá sempre alegre, feliz
vivo cantando o amor
e a vida da minha gente
andando sem paradeiro
por este imenso país

caminhoneiro disfarçado
enfrento qualquer estrada
na seca ou na invernada
sigo o roteiro traçado
dias e dias sem lar
só pra meu povo cantar

trago no peito a sanfona
que num acorde dolente
faz renascer a saudade
da terra pura e pungente
ou de uma antiga paixão
que ficou lá no sertão

rodando, cortando chão
na poeira do sertão
ou numa grande cidade
vou cumprindo a missão
sem esquecer a lição
com a mesma simplicidade

cada fronteira cruzada
é uma etapa vencida
é mais um passo na vida
mas, é também despedida
uma saudade incontida
de quem ficou na estrada

Marcos Barreto de Melo


HOMENAGEM AO GRANDE SANFONEIRO DOMINGUINHOS NA DATA EM QUE ELE COMEMORA UMA NOVA IDADE.

PÉROLA NOS BASTIDORES... Por Edilma Rocha

 Edilma disse...


Alexandre Lucas,

Diante dos meus olhos
Surgem estelas surpresas
Da alma do artista

No lugar dos pincéis
A forte martelada
Sobre mãos leves
Que fazem surgir
Um lindo poema

Nos seus sonhos
O nosso deleite
Entre brisa e faiscas
no encanto
que nos fez sonhar 

Edilma Rocha