Criadores & Criaturas



"Penetra surdamente no reino das palavras.
Lá estão os poemas que esperam ser escritos.
Estão paralisados, mas não há desespero,
há calma e frescura na superfície intata.
"

(Carlos Drummond de Andrade)

ENVIE SUA FOTO E COLABORE COM O CARIRICATURAS



... Por do Sol em Serra Verde ...
Colaboração:Claude Bloc


FOTO DA SEMANA - CARIRICATURAS

Para participar, envie suas fotos para o e-mail:. e.
.....................
claude_bloc@hotmail.com

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Rádio Princesa FM promove Campanha Difamatória contra Vereadores da base de apoio ao prefeito Samuel Araripe - Por: George Macário de Brito


"Comigo é diferente !"


George Macário de Brito

Nota do Editor: Mal chegou à câmara de vereadores, e o novo vereador George Macário de Brito esbarrou num problema grave que vem se arrastando há anos na cidade de Crato. Por conta de "interesses particulares contrariados ainda na última campanha eleitoral e querendo que o atual prefeito pague dívidas contraídas durante a sua própria administração" ( Segundo declarou em várias entrevistas e coletivas de imprensa o atual Prefeito Samuel Araripe ), o diretor da Rádio princesa FM, Zé Adega, vem se utilizando da estação para atacar todos os dias o trabalho e a honra das pessoas que fazem parte da administração municipal atual. Além de promoverem uma verdadeira baixaria no ar, ao vivo e à cores para disseminar o embuste e a mentira, em que a cada dia é escolhido um novo alvo, seja secretários de governo, vereadores da base governista e inclusive pessoas comuns que possam defender a administração, - SEM DIREITO DE RESPOSTA - a estação de Rádio vive a insuflar a população da periferia da cidade contra o atual prefeito e seus secretários. É comum aos seus repórteres fazerem visitas aos bairros pobres e a periferia, procurando alguma coisa, alguma rua suja, um cano estourado, etc, algo que possa ser usado como arma para atacar de forma covarde a administração municipal no seu programa "jornal da princesa".

Descontente com essa situação, o vereador George Macário de Brito declarou à nossa reportagem que "Com ele é diferente". George já está entrando na justiça com mais um processo ( dos muitos ) contra a Rádio Princesa FM junto ao Ministério Público, por deturpações e manipulações dos discursos e entrevistas proferidos pelos vereadores à aquela estação. Na última Segunda-Feira, George Macário falou extensamente na câmara sobre o problema, e frisa que vai levar ao ministério público as gravações que são realizadas dentro da própria câmara e o que é veiculado de forma distorcida e interesseira pela emissora de rádio. George também está publicando em vários veículos da internet, um artigo que revela bem o que está acontecendo, e diz que muitos vereadores se sentem intimidados para falar, porque aquilo que disserem, pode ser distorcido e usado no outro dia de forma desastrosa contra a honra dessas pessoas.

O.B.S - É bom que se ressalte que esta estação de rádio não poupa ninguém . Este repórter e o Blog do Crato já foram também alvos das maquinações da referida estação.

"A FM MARRON" - EMISSORA DE RÁDIO INTERFERE NO PODER LEGISLATIVO CRATENSE ( por George Macário de Brito )

Por conta de divergências políticas entre o Prefeito Samuel Araripe e o Ex-prefeito Zé Adega, alguns Vereadores, da base de apoio ao atual gestor, sofrem campanha difamatória empreendida pela Rádio Princesa FM.

Indignados com a distorção de suas falas, por ocasião dos seus pronunciamentos em Plenário, os Vereadores George Macário, Guer e Luiz Cory, estão sendo vítimas de campanha difamatória deflagrada pela FM PRINCESA, de propriedade do ex-prefeito José Aldegundes Muniz Gomes de Matos, que trava uma verdadeira "guerra" com o atual prefeito, por conhecidos interesses particulares contrariados.

http://3.bp.blogspot.com/-DWMlQ1Cgxc8/TkG2WVA6-DI/AAAAAAAAYiQ/wdHHQKuvS4Q/s1600/Img_0831.jpg

NE - Sorria! Você está sendo gravado! ( há 3 anos )

http://3.bp.blogspot.com/-3Zx7x2xTHng/TkG2WiZNxVI/AAAAAAAAYiY/BaZUJ4Kw4v0/s1600/Img_0816.jpg

Como é bom ao cidadão ficar por dentro do que acontece...

http://4.bp.blogspot.com/-M_KScwS4T1o/TkG2WsQWdOI/AAAAAAAAYig/kGt9nZw5fSE/s1600/Img_0822.jpg

O vereador George Macário municiado de provas vai para a Justiça

http://2.bp.blogspot.com/-E-xI0GmbM4Q/TkG2Wwl3oXI/AAAAAAAAYio/_i4F-qwmEfc/s1600/Img_0826.jpg

Zé Adega quer vingança a qualquer preço e seja como for! Sua sede é tão grande que já chega a interferir no trabalho dos vereadores acima citados que, nos últimos dias, vêm sendo alvo de notícias difamatórias veiculadas pelo programa jornalístico JORNAL DA PRINCESA, que vai ao ar todas as manhãs.

Há pouco mais de uma semana no Parlamento, o Vereador George Macário, por ser o Líder do Governo Municipal na Câmara, já está sendo vítima desta campanha que, segundo ele, é um flagrante de interferência nos trabalhos do Poder Legislativo Municipal. O que é dito em Plenário, no outro dia chega aos ouvintes, em forma de notícia ou em parte dos nossos pronunciamentos, que são editados de forma completamente distorcida, com único objetivo de jogar a população contra os vereadores.

Este é o que se pode chamar de desrespeito com aqueles que se dispõem a melhorar o nível de atuação parlamentar. E, o que pior, além de distorcer o que realmente é discutido e afirmado em Plenário, acaba por inibir a ação dos legisladores que, com toda razão, se acautelam diante de reações da opinião pública que, lamentavelmente, passa a ser manipulada e informada de forma absolutamente tendenciosa.

A prova que confirma a campanha difamatória é bastante clara e robusta! Basta o confronto das gravações em Plenário, com as que estão a ser publicadas pela emissora. Já requeri, juntamente com o colega Guer, as gravações de todas as minhas falas e vamos nos valer dos meios legais para estancar este Abuso de Poder Midiático! A justiça é a única opção, aliada ao Ministério Público, para punir quem usa e abusa da cor "marron" nos meios de comunicação, como quem atira "lama no ventilador", turvando a honra dos cidadãos".

A VERDADE, além de ser o caminho trilhado por todos os veículos de imprensa que se julgam sérios, é um compromisso social. Isto é o que está faltando à Rádio em destaque!

George Macário de Brito
Editor, Vereador, Vítima e ADVOGADO.

Pensando como Shakespeare...

 
"  Eu aprendi que a vida é dura, mas eu sou mais ainda...
Eu aprendi que não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito."
 
[William Shakespeare]

A Feira do Crato ll: O Kariri e Nossas Tradições na Alma do Povo-Wilson Bernardo.

Nenhuma feira é igual em sua totalidade humana,ao qual ela se modifica e se destaca justamente pelas condições Geo-humanas de um povo concebido e enraizado em suas tradições.O Crato a mais ou menos dezenas de décadas vem construindo e desconstruindo suas tradições seculares,ao ponto de que a feira do Crato na tradicional rua do comercio,se transferiu para a beira do canal.Mudou sim,mas no mesmo instante se reconstituiu em novas concepções humanas,já que quem faz a feira é na verdade o seu povo,e suas tradições,em que lugares como a feira impera o verdadeiro sentido da democracia e a qualidade de vida.O Crato resiste e o Kariri sob resiste a velocidade da tecnologia e nossa feira explode em cores e no sorriso fossilizado pelo tempo de um povo remanescente de seus ancestrais das tribos kariris.
Na banca de doces,a guloseima sem a preocupação do gluten
e de gole em gole a sede se anima par o escaldante calor da feira
sombra e água fresca,o que nem sempre gato de hotel gosta de sofás
cores de um povo sempre a espera de dias melhores em busca de grãos
cachimbos a perder de vista e pitar o fumo de sabor de miguiriba
peças intimas se testa na hora em vivas cores a preço de bananas e enlatados
Viva a feira ! carnavais fora de época,de uma capitania pernanbucana de frevos e serpentinas Kariri's
Wilson Bernardo(Texto & Fotografia)

PENSAMENTOS - Por Edilma Rocha



"Quando surgem a impaciência e a ansiedade, é o momento de acalmar os sentimentos e deixar a sabedoria superior apresentar o caminho, a solução. Confie em Deus."

Crato: também a Diocese ??? - José Nilton Mariano Saraiva

Você, aí do outro lado da telinha, ainda tá lembrado de que alertávamos a quem de direito, aqui mesmo neste espaço, da possibilidade de que, mais cedo ou mais tarde, também a sede do Bispado (Diocese) possa vir a ser transferida, “vapt-vupt”, de Crato pra Juazeiro ??? E que por trás disso tudo se acha o alienígena italiano que se fez “bispo”, presumivelmente trabalhando nessa direção visando benefícios próprios ???
Pois é, agora, através da última edição da Revista Província (nº 29, de julho/11), seu Diretor, o conceituado professor universitário e jornalista Jurandy Temóteo, com a autoridade moral e bagagem intelectual de todos conhecida, nos mostra que tão sórdida trama, envolvendo a possível transferência não só da Diocese, mas também do seminário, teve origem lá atrás (há exatos 97 anos), arquitetada pelo próprio Cícero Romão Batista (a quem rotula de “...dissimulado, arrogante, ambicioso e vaidoso”) contando com o auxílio dos senhores “...Leandro Bezerra, Floro, Sá e mais amigos”, conforme telegrama enviado ao senhor Nogueira Acióli (vide transcrição abaixo, ipsis litteris), convidando-o a engajar-se em tal projeto.
Convém atentar para a sutileza escondida nas entrelinhas do citado documento, quando Cícero Romão Batista, mostrando toda a sua prepotência, arrogância e vaidade, maquiavelicamente chega a insinuar (ou sugerir) o seu próprio nome pra Bispo (“...MOSTRANDO DIREITO MEU”), nem que para tanto tivesse que PAGAR um certo preço: “...aqui aonde OFEREÇO duas propriedades, valor suficiente patrimônio, casa própria para palácio, terreno seminário, facilidade construção”. E que, para conseguir seu desiderato, chega a “sofismar”, ao peremptoriamente declarar que Juazeiro (ainda nos seus primórdios), seria uma “...cidade maior população” (mentira cabeludérrima, como se vê).
Veja, leia, recorte, guarde, coloque numa moldura ou... rebole no lixo:
“Juazeiro, 21-12-1914. Dr. Nogueira Acioli, Rua Matriz, 63, Rio.
Com Floro, Sá, mais amigos peço irem em comissão ao Núncio. Apresentem EM MEU NOME transferência sede Bispado Cariri para aqui Juazeiro, MOSTRANDO DIREITO MEU, por ter sido empreendedor desde Roma 1898 continuando esforços auxiliado Dr. Leandro Bezerra perante Núncios Apostólicos monsenhores Tonti, Bavona ficando aceito pela Santa Sé e combinação Sr. Bispo D. Joaquim. Reunião Bispo Norte em Pernambuco foi aceita proposta, juntamente outros Bispados. Faça ver DIREITO SEDE AQUI, AONDE OFEREÇO duas propriedades, valor suficiente patrimônio, casa própria para palácio, terreno seminário, facilidade construção. CIDADE MAIOR POPULAÇÃO. Floro diga como bem conhece se esforçando Núncio obter Santa Sé. Sinceras saudações, Padre Cícero”.
Um outro aspecto que merece ser realçado, ali abordado didaticamente e com muita propriedade pelo professor e jornalista Jurandy Temóteo, diz respeito à portentosa riqueza, repentina e inexplicável, de Cícero Romão Batista (à qual também nos havíamos referido anteriormente), ao transcrever as citações abaixo:
De Mons. Antônio Feitosa: “O próprio Padre Cícero põe as armas nas mãos dos que o acusam de ter se tornado excessivamente rico. Diversos autores colheram nos TESTAMENTOS FIRMADOS PELO PADRE CÍCERO EM NOME DE DEUS, alguns dados expressivos e sintomáticos. Diz Morel: “Seu testamento datado de 04 de outubro de 1923 dá notícia de 30 sítios, 16 prédios, um quarteirão e uma avenida de casas, cinco fazendas com gado e benfeitorias e uma mina de cobre””.
De Carlos Chagas: “... dizem com malícia que O ÚNICO MILAGRE REAL DE SUA VIDA foi começá-la pobre e morrer deixando em testamento 31 sítios, vários terrenos, cinco fazendas de gado e benfeitorias, 17 prédios, 04 quarteirões de casas e uma mina de cobre”.
Como se observa, o pseudo-santo tinha “pés-de-barro”, sim senhor, nenhuma humildade, além de reconhecido “bloqueio intelectual”, conforme a Revista Província nos cientifica, a saber: “... Na realidade, o Pe. Cícero era portador de forte preguiça intelectual, pois viveu alheio ao movimento literário do seu tempo, sem livros, ignorando escritores, filósofos e sociólogos, antigos e modernos. Daí a sua incultura, que nunca permitiu escrever um artigo, pronunciar um discurso ou realizar uma conferência – vide Otacílio Anselmo, “Padre Cícero – mito e realidade”, p. 43, Civ. Brasileira, Rio, 1968)”.
Ante o exposto e face o agora publicado pela Revista Província, entendemos que convém lembrar os questionamentos que levantamos a respeito da grotesca farsa conhecida como “o milagre da hóstia” - oportunidade em que a própria Igreja Católica “carimbou” Cícero Romão Batista como “charlatão” - a saber:
1) objetivamente, qual foi mesmo a “causa mortis” que vitimou a beata Maria de Araújo ???; 2) por qual razão os famosos “paninhos”, depositários do seu sangue (exaustiva e recorrentemente usados e difundidos como uma das “provas” do milagre), providencialmente sumiram (ou queimados foram), como se houvesse o temor de que, num futuro não tão distante, com o vasto instrumental que certamente surgiria, um simplório exame laboratorial mais detalhado pudesse diagnosticar alguma comprometedora e letal moléstia (tuberculose ???), determinante e capaz de “demolir” de vez com o tal “milagre da hóstia” ???; e, 3) qual a “ORIGEM-FONTE” dos expressivos recursos que permitiram que alguém, originário de família paupérrima e sem uma remuneração compatível, de repente tenha se tornado “podre de rico” ???
Quaisquer dúvidas poderão ser elucidadas através de consulta à “Revista Província”, edição número 29, de Julho/2011, páginas 153 a 157, artigo “Padre Cícero, um homem de bens”, de Jurandy Temóteo.
Alfim, não custa lembrar e é sempre bom termos em mente o sábio ensinamento do nosso Zé do Vale: “No dia em que um assunto não puder ser tratado por um cidadão, este assunto não existe. Isso é coisa de sociedade secreta, de iluminados, de mensagens cifradas.(...) Se estamos todos aqui discutindo política, cultura, economia, filosofia e o cotidiano o mais certo é que as visões se multipliquem”.



PROGRAMA CARIRI ENCANTADO SONORIDADES – 10/08/2011

Conexões musicais: Tim Maia, o síndico da MPB

Sebastião Rodrigues Maia, popularmente conhecido como Tim Maia, nasceu no Rio de Janeiro, no dia 28 de setembro de 1942, e faleceu em Niterói, no dia 15 de março de 1998. Cantor e compositor, Tim Maia foi um dos pioneiros na introdução do estilo soul na MPB e um dos maiores ícones da música no Brasil. Suas músicas eram marcadas pelo seu vocal grave e afinadíssimo, composições bem elaboradas, letras inteligentes e arranjos inovadores, executados sempre com o auxílio luxuoso de um time de músicos competentíssimos.

O programa Cariri Encantado Sonoridades, desta quarta-feira, 10 de agosto de 2011, apresentará uma seleção de composições de autoria de Tim Maia ou por ele interpretadas, compilada a partir de três discos antológicos do cantor: o de estréia, lançado em 1970; o segundo, de 1971, e o ainda raríssimo e pouco compreendido disco Tim Maia Racional Vol. 01, de 1975.

Vale a pena ouvir sempre que se possa esse monstro sagrado da MPB a quem Jorge Ben Jor trata de carinhosamente de o “síndico” do Brasil.

Serviço
O programa Cariri Encantado Sonoridades é transmitido todas as quartas-feiras, das 14 as 15 horas, pela Rádio Educadora do Cariri AM 1020 e pela Internet: www.radioeducadoradocariri.com.