Criadores & Criaturas



"Penetra surdamente no reino das palavras.
Lá estão os poemas que esperam ser escritos.
Estão paralisados, mas não há desespero,
há calma e frescura na superfície intata.
"

(Carlos Drummond de Andrade)

ENVIE SUA FOTO E COLABORE COM O CARIRICATURAS



... Por do Sol em Serra Verde ...
Colaboração:Claude Bloc


FOTO DA SEMANA - CARIRICATURAS

Para participar, envie suas fotos para o e-mail:. e.
.....................
claude_bloc@hotmail.com

sábado, 22 de dezembro de 2012

Parabéns homi de Deus!

O grande escritor, cronista, poeta, contador de causos, dramaturgo que um dia simplesmente entendeu de ser um dos mais notáveis médicos do Cariri, comemorou ontem nas dependências do requintado Buffet, “Sergio Buffet”, entre amigos e admiradores, os seus quinze aninhos. O rapazote estava descontraído, moleque, cheio de vida e fez valer a data. O Mundo não acabou. Para nossa alegria 21 de dezembro de 2012, há de ser lembrado como o dia em que Zé Flávio Vieira deu uma festa de arromba celebrando 60 calendários Maia! E que o mundo acabe que acabe sempre assim... Na maior alegria, na maior festa! Parabéns, homi de Deus! Muitas felicidades, muitos anos de vida! E como diz sobrinho do capitão, Zé estava (Sex(agenário)! rs rs rs
Libério, um monstro sagrado e os Magistrais "Os Águias", fizeram a festa!
Pê Pererê pê pê pê pê, (Com uma perna só, olha aí!!!)
E como nos tempos da Polaróide... Oh! Poli minha amiga, assim não ó, assim menina ó, como nos tempo da brilhantina e das velhas e boas tertúlias!
Carnavalizando corações! Zonaram aê com o Zé hein! rs rs rs
Nós marcamos presença, dentre tantos artistas presente!
Ele nos fez Rir!
"Sergio Buffet", Show de detalhes!
Amor pra toda a vida!

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Tudofel: Uma infância feliz

Tudofel: Uma infância feliz: Graças ao meu bom Deus, até o momento, posso me considerar um sujeito de sorte. Todas as fases da minha já longa existência (afinal 4...

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Tudofel: O poeta do concreto e sua 'belacap'

Tudofel: O poeta do concreto e sua 'belacap': Ontem por volta das nove da noite, fechei o livro que estudava e fiquei por uns segundos observando Djalminha Conduru trabalhando com...

Tudofel: BRock

Tudofel: BRock: Na minha cidade, há trinta e poucos anos, as opções de lazer e diversão eram até satisfatórias. O diacho é que a gente quer muito ...

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

III ENCONTRO DOS FILHOS E AMIGOS DO CARIRI
O evento se realizará em Fortaleza (CE).
LOCAL: Náutico Atlético Cearense
DIA : 08 de dezembro de 2012
HORA: a partir das 21:0 hs
BANDA BRASA SEIS
INGRESSOS : R$ 20,00 (vinte reais)
(ingressos antecipados na Secretaria do Clube)

domingo, 2 de dezembro de 2012

sábado, 1 de dezembro de 2012

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Tudofel: Our sweet George

Tudofel: Our sweet George: Há exatos 11 anos era uma sexta-feira. Tinha acordado com uma baita ressaca e fiquei em casa, gravando umas fitas cassetes com uns d...

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

sábado, 24 de novembro de 2012

Tudofel: Menina real

Tudofel: Menina real: O dia estava mais quente ainda. Teresina, afinal. 1994. Maternidade Evangelina Rosa. Portanto duas rosas a receberam na luz deste...

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Tudofel: Janinha ou Joplin?

Tudofel: Janinha ou Joplin?: Geraldo Urano, poeta maior, escreveu um verso, em um poema em prosa intitulado Craterdã (foi a primeira vez que ele citou esse ne...

sábado, 17 de novembro de 2012

15 de Novembro: nem os republicanos comemoraram (por Armando Rafael)


(Excertos de matéria publicada em http://imperiobrasileiro-rs.blogspot.com.br/)

No dia em que o Brasil amarga a sua pior data, propomos a reflexão sobre os regimes de governo: monarquia e república. No quadro abaixo é possível ver os ganhos financeiros de uma da forma monárquica em detrimento da republicana.


Custos operacionais anuais (custo de manutenção da Chefia de Estado)

Inglaterra (monarquia)______US$ 1,87/capita = US$ 104,0 milhões
Dinamarca (monarquia)_____US$ 1,86/capita = US$ 9,5 milhões
Bélgica (monarquia)________US$ 1,10/capita = US$10,8 milhões
Noruega (monarquia)_______US$ 0,83/capita = US$ 3,6 milhões
Japão (monarquia)_________US$ 0,42/capita = US$ 52,0 milhões
Espanha (monarquia)_______US$ 0,20/capita = US$ 8,1 milhões
EUA (república)___________US$ 4,6/capita = US$ 1.100,0 milhões
       Brasil (republica)__________US$ 12,0/capita = US$ 1.700,0 milhões

Como pode ser visto claramente, os gastos com a manutenção do presidente da república, ultrapassam os gastos da Monarquia. Enquanto a Inglaterra, maior potência Monárquica do mundo, gasta US$ 1,87/capita = US$ 104,0 milhões com a Rainha Elisabeth II, o Brasil gasta com Lula da Silva US$ 12,0/capita = US$ 1.700,0 milhões. 

É de se divulgar também os gastos do gabinete presidencial:

Em 1995 com FHC = R$ 38,4 milhões
Em 2003 com Lula = R$ 318,6 milhões
Em 2004 com Lula = R$ 372,8 milhões (R$ 1,5 milhões por dia útil de trabalho).

É importante também saber o número de funcionários no Palácio do Planalto, ou seja, número de funcionários que estão a serviço diretamente do presidente da república: 

Com Itamar Franco = 1,8 mil pessoas
Com FHC = 1,1 mil pessoas
Com Lula = 3,3 mil pessoas

No palácio da Alvorada, residência oficial do presidente, existem 75 empregados e em 2009, Lula da Silva assinou o decreto de nº.: 5.087 aumentando de 27 para 55 seus assessores especiais diretos.  
(por: Armando Rafael)

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Alguém lembrou? Hoje é o feriado da Proclamação da República

Charge do jornal "O Povo" de hoje
Por lei, hoje é feriado nacional. Comemora-se os 123 anos do golpe militar que derrubou a Monarquia e instaurou o regime republicano. Alguém há de perguntar: quais foram as conquistas da República? Vá lá: a atual estabilidade política, que vem desde 1988 com a promulgação da sétima Constituição republicana é, inegavelmente, uma conquista. Há  24 anos (dentro dos 512 anos de existência do Brasil) estamos vivendo num Estado de Direito...

Até 1988 a História registra que em 100 anos de república,  tivemos 9 golpes de estado, 13 ordenamentos constitucionais, 7 Constituições, 4 assembleias constituintes e o Congresso Nacional –  em nome da Liberdade – foi fechado 6 vezes, inclusive pelo primeiro Presidente, Marechal Deodoro da Fonseca. Tem mais: ocorreu – até 1988 – censuras nos meios de comunicação inclusive com o fechamento de jornais e periódicos. Tivemos ainda, naqueles 100 anos,  8 moedas e uma inflação que chegou a 64,9 quatrilhões %, a qual só foi estancada em 1994 (alguém ainda lembra de FHC?) , com o advento do REAL. Parece que o nome deu sorte...

Alguém há de perguntar: E como foi na Monarquia?  No Brasil Império, o Rei era o símbolo vivo da Nação. Não havia espaço para aventureiros, para “mensalões”, para negociatas, corrupção, nepotismo e a ordem e o respeito prevaleciam. O nosso Imperador D. Pedro II foi o árbitro em questões da França, Alemanha e Itália e era  segunda autoridade moral do mundo depois do Papa.

Um Rei é educado desde criança para reinar, e nunca somos pegos de surpresas, por novos governantes despreparados. O Congresso Nacional  do Império ombreava com o da Inglaterra;  a diplomacia brasileira era uma das primeiras do mundo. O Brasil-Império teve os primeiros Correios e Telégrafos da América, e o Brasil foi uma das primeiras Nações a instalar linhas telefônicas e o segundo país do globo a ter selo postal. A nossa marinha era a 2º do mundo e  o Brasil era tido como um país de 1º mundo junto com a Inglaterra, Estados Unidos, França e Alemanha.

No plebiscito de 1993, quando foi dado ao povo escolher para o Brasil permanecer República ou retornar à Monarquia, e a Monarquia teve, aproximadamente, sete milhões de votos (13% dos votos válidos) e, naquela época,  uma pesquisa do DataFolha mostrava que 21% da população brasileira  era monarquista ou simpatizante.
Por esses e vários motivos, há quem diga que – na prática –  mudamos  da Monarquia para a Anarquia.

Por: Armando Rafael

domingo, 11 de novembro de 2012

Padre Airton Freire celebrou neste domingo na Catedral de Crato -- por Armando Rafael



Quem é esse viajante?
Quem é esse menestrel?
Que espalha esperança
E transforma sal em mel?
(Trecho da música Menestrel das Alagoas, de Milton Nascimento)

A vetusta Sé de Crato estava abarrotada de pessoas. Silêncio absoluto. A missa foi demorada e todos acharam pouco aquele momento, onde se renovou o sacrifício de Cristo Jesus, desta vez de forma incruenta.
As centenas de pessoas que lotaram a Catedral de Nossa Senhora da Penha – para a missa da manhã deste domingo, dia 11 – acompanharam com atenção  cada palavra – proferidas de forma pausada, serena e sem afetação –  pelo Padre Airton Freire. A fama desse humilde padre corre o Nordeste. Muitos foram em sua direção pedindo uma bênção. A todos, Padre Airton atendeu com calma, atenção e ternura,  fitando, com os  seus olhos azuis,  as pessoas que o abraçavam...
Mas quem é esse Padre,  que deixa um clima de paz por onde  passa?

Na foto abaixo, Padre Airton entre os Padres Edmilson Neves e Aureliano Gondim, à entrada da Catedral de Crato


Um homem nascido no sertão

Airton Freire de Lima nasceu em 29 de dezembro de 1955, na cidade de São José do Egito-PE, cidade em que se batizou. Aos seis anos de idade foi morar em Sertânia-PE, tendo estudado no Colégio Olavo Bilac onde, em 1971, concluiu o primeiro grau. No ano seguinte foi para Recife (PE) continuar os estudos. Inicialmente morou numa pensão, fazendo as refeições na Casa de Estudante de Pernambuco. O segundo grau foi iniciado no Colégio Martins Júnior, mas concluído numa escola técnica onde cursou Desenho e Arquitetura. Em 1975 ingressou no ITER – Instituto de Teologia do Recife, onde estudou teologia e filosofia. Em 1977 ingressou no curso de psicologia na FACHO – Faculdade de Ciências Humanas de Olinda.

Ordenou-se padre no dia 13 de fevereiro de 1982 na Catedral de Sant’Águeda em Pesqueira-PE. No dia seguinte celebrou a primeira missa em São José do Egito, na Igreja de São José. Nessa mesma época foi designado para servir a paróquia do Livramento em Arcoverde.

Fala fluentemente português, inglês, francês e alemão. Lê e fala um pouco: latim, grego e hebraico. Fez formação analítica no Centro de Estudos Freudianos em Recife e pós-graduação em Paulo Freire pela Universidade Estadual do Ceará. Já gravou diversos CD´s com músicas de sua autoria. Tem vocação para escrita, sendo autor de 56 (cinquenta e seis livros).

Em 1984, a convite de um grupo de jovens, veio a conhecer um lugar na cidade usado como depósito de lixo, não obstante a presença de famílias que ali moravam catando lixo para a subsistência. Estarrecido com o que viu, resolveu celebrar uma missa, onde uma criança faminta, ao olhar a hóstia, implorou para comer o que entendeu ser bolacha, tendo o padre acreditado haver uma relação entre o Corpo de Cristo e o pão que a criança precisava para matar a fome.

A partir desse episódio, veio a morar na Rua do Lixo, vivendo como pobre no meio dos pobres, lugar em que brotou a Associação Terra, posteriormente, convertida em Fundação Terra, nascimento que se deu na manhã de 08 de setembro de 1984. Em 1986 foi para Salvador-BA, objetivando ingressar na Companhia de Jesus. Ainda na Companhia de Jesus, foi para Belo Horizonte (MG), lá ficando até junho de 1987, quando resolveu voltar para a Rua do Lixo, endereço que teve até o ano 2000. A partir daí passou a morar na Malhada, um povoado perto de Arcoverde, permanecendo até hoje.

Essa mudança se deu porque no dia 29 de abril de 1999, dia de Santa Catarina de Sena, após jejuns e dias de orações, o padre decidiu criar a Comunidade de Vida dos Servos de Deus e no dia 31 de maio do mesmo ano, no Sítio Malhada, em local denominado Areias, foi marcado o espaço em que seria construída a capela em honra a Padre Pio de Pietrelcina e Nossa Senhora da Conceição.

(Fotos: Armando Rafael)

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

terça-feira, 6 de novembro de 2012

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Tudofel: Um arco-íris no Céu

Tudofel: Um arco-íris no Céu: Quase todas as recordações acerca de Normando Rodrigues são aprazíveis, contornadas de alegria, diversão e, principalmente, de lições...

terça-feira, 30 de outubro de 2012

domingo, 28 de outubro de 2012

sábado, 27 de outubro de 2012

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Tudofel: No tempo dos festivais

Tudofel: No tempo dos festivais:   Qual o cratense com mais de quarenta anos que não tem uma lembrança, mesmo que tênue, dos festivais de música que aconteceram no ...

VÍDEO - Padre Edmilson Neves fala sobre o "ANO DA FÉ" e suas comemorações na cidade do Crato



Produção e direção: Dihelson Mendonça
Reportagem: Wilson Rodrigues
TV Chapada do Araripe - www.tvchapadadoararipe.com

O.B.S - Uma matéria completa sobre o Ano da Fé pode ser lida na edição desta semana do Jornal do Cariri, com reportagem também do jornalista Wilson Rodrigues.

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Tudofel: O pós-Lerfa Mu

Tudofel: O pós-Lerfa Mu: Ao fim do Lerfa Mu, em setembro de 1990, seguiu-se uma debandada. Calazans Callou mudou-se para Recife. Lupeu, depois de demitir-se d...

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

domingo, 21 de outubro de 2012

sábado, 20 de outubro de 2012

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Tudofel: O espírito da época

Tudofel: O espírito da época: Para mim, os anos 80 começaram e terminaram com perdas, envolvendo dois heróis da classe operária e, na época, meus heróis em particu...

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Tudofel: O sonho começou

Tudofel: O sonho começou: Lupeu certa vez disse: os anos 80 foram os nossos anos 60 .  No que diz respeito a uma experiência hedonista, ele tinha razão....

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Tudofel: Uma guinada na vida

Tudofel: Uma guinada na vida: Foi bem no início dos anos noventa que comecei a tomar decisões estratégicas. Afinal, já não era mais nenhum adolescente inconsequent...

terça-feira, 16 de outubro de 2012

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

domingo, 14 de outubro de 2012

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

AFAC CONVIDA

AFAC CONVIDA
A Associação dos Filhos e Amigos do Crato, confida para o lançamento do livro do professor João Teófilo Pierre intitulado Uma Longa Travessia: De Santana do Acaraú para Crato, que narra a vida de Seu Pierre e de seus descendentes, e aspectos da história do Crato, no período de 1939 a 1990.
DATA: 18 de outubro de 2012
LOCAL: Nautico Atlético Cearense
ENDEREÇO: Avenida Beira Mar, entrada pela AV. Abolição
HORA: 19 horas
A DIRETORIA
OBS:CONVITE ANEXO

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

UM PACTO POLITICO PELO CRATO

 
Chegamos ao fim de mais uma campanha politica. O Crato escolheu o candidato que viu como o melhor para segurar suas rédeas no seu caminho. Parabens ao Crato. Parabens ao candidato vencedor. Se foi maioria...a vitoria foi por demais merecida.

Assim é a democracia. Por tantos criticada. Por tantos vilipendiada. Mas por tantos acreditada e bem aproveitada.

O que espero da nova administração?? O mesmo que espero da oposição: UM PACTO POLITICO PELO CRATO.

Observo que, já há muito tempo, as querelas surgidas nas campanhas politicas se dilatam durante todo o mandato do candidato vencedor. Resultado de inaceitáveis paixões político/partidárias que superam, em muito, a paixão cidadã. A paixão pela cidade. Como disse Nelson Rodrigues "Nada mais cretino e mais cretinizante do que a paixão política. É a única paixão sem grandeza, a única que é capaz de imbecilizar o homem."

URGE QUE FECHEMOS UM PACTO POLITICO PELA CIDADE DO CRATO.

O Sr. Ronaldo Muniz Gomes de Matos não é mais candidato a prefeito. O Sr. Ronaldo agora é o prefeito eleito da cidade. Eleito pela maioria dos cidadãos. Por isso, precisa ser visto a partir de agora, não como inimigo politico ou opositor partidario, mas como o dirigente maior da cidade. E enquanto prefeito tem a obrigação de levar a cidade ao lugar que merece. Fechemos um pacto com ele. Trabalharemos juntos pela cidade.

Isto é sonho?? Pode ser... mas é possível.

Urge que retomemos o caminho do crescimento. Urge incendiar o nosso amor pela cidade. Buscar bem fundo o gosto pela cidade. Buscar em nós a visão além horizonte. Precisamos levantar nossa cabeça para poder enxergar mais longe. De cabeça baixa continuaremos enxergando apenas nosso umbigo.

Segundo Friedrich Nietzsche, "Um político divide os seres humanos em duas classes: instrumentos e inimigos." Esqueçamos quem foi instrumento e quem foi inimigo. A guerra acabou. Deixemos pois a politica PARTIDARIA de lado a partamos para uma politica cidadã. A cidade nos espera.

Lembremo-nos que O CRATO ESTÁ NO MUNDO. NÃO É O MUNDO QUE ESTÁ NO CRATO.

WILTON SOARES(DEDÊ)
FOTO: Citybrasil.com.br

terça-feira, 9 de outubro de 2012

domingo, 7 de outubro de 2012

Tudofel: Elvis On My Mind

Tudofel: Elvis On My Mind:   Quando se aproxima o Natal eu tenho uma mania: ouvir incessantemente as músicas cantadas por Elvis Presley. A priori, todas es...

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Tudofel: Dê uma chance ao Crato (2)

Tudofel: Dê uma chance ao Crato (2): No início da campanha eleitoral de 1988, não tínhamos certeza de nada: se perderíamos ou ganharíamos nem como chegaríamos na reta final...

Tudofel: Dê uma chance ao Crato (1)

Tudofel: Dê uma chance ao Crato (1): 1988 foi um ano interessante e agitado. Naquela época eu vivia uma fase boa e divertida. Foi o ano em que surgiu a banda Fator Rh, fo...

Tudofel: Lula-lá e aqui

Tudofel: Lula-lá e aqui: 1989. Primeiras eleições presidenciais pós-regime militar instalado em 1964. Estava praticamente certo que votaria em Fernando Gabeira...

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Tudofel: Uma lição de mestre

Tudofel: Uma lição de mestre: No curso de graduação de História da URCA, um dos livros que mais me marcaram foi “Luzias e Saquaremas”, de Ilmar Rohloff de Mattos. O ...

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Tudofel: Fator Rh, o Poema

Tudofel: Fator Rh, o Poema: Nesses dias tortos, frios ou mornos, quando a cama vira uma nave e o olho abre sonolento, sem o bote daqueles dias decisivos, numa pra...

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Tudofel: Eu boleiro

Tudofel: Eu boleiro: Relembro o momento em que fui tocado pela primeira vez pelos deuses da bola . A primeira lembrança é a Copa de 1970, quando o Brasil foi ...

CONVITE DO ESPAÇO ZEN



O espaço Zen convida você e seus amigos a ver o novo trabalho do Shivam, "Desenvolvimento Pessoal".

Começará com uma Palestra Aberta dia 27/09, às 19 horas, onde ele irá expor o conteúdo do curso, preço e tempo de atuação.

CONVITE PARA ENCONTRO COM SHIVAM

Tema do Discurso: Oeste – Leste (Uma fala sobre a diferença básica entre o pensamento Oriental e Ocidental).

Neste encontro Shivam introduzirá um curso de Desenvolvimento Pessoal com duração de oito meses, uma vez por semana, levando você aos ventos da nova era inspirando nas fragrâncias
de mestres como o Buda e Patânjali.

Tópicos
- Como se desligar da mente.
- Como atingir melhor os seus objetivos.
- Como ficar mais tranquilo no dia a dia da vida moderna.

Data: 27 de setembro, próxima quinta, às 19 horas.
Local: ESPAÇO ZEN - Praça da Sé, 91, Crato.
Contatos: (88) 3587-3851 e (88) 8825 0493

Contamos com sua presença.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Tudofel: Barbárie e Civilização

Tudofel: Barbárie e Civilização: Ao contrário de quase todos os bárbaros da minha idade, aprendi a ler e escrever em casa, sob a orientação de minha irmã Teresinha. Tin...

domingo, 23 de setembro de 2012

SETE MIL PARES DE ORELHAS DE NEGROS

 
 
Sete mil pares
de orelhas de negros
troféu macabro e sangrento
multiplicadas sementes de novos quilombos
 
Sete mil vidas
de negros audazes
não destruíram a vontade
de para sempre ser quilombola
 
Sete mil negros
quiseram ser livres
fugir das senzalas estreitas
para onde o espaço é mais amplo
e a existência se perde de vista
 
 

 
Sete mil Zumbis
esperada colheita de espigas
maduras como madura na espera a luta
como na luta renasce e cresce a esperança
como a esperança se torna um dia certeza de festa.
 
Sete mil vida de negros
plantados no ventre fértil da América
milhões de espigas douradas agora colhidas
em terras da África livre.
 
 
Do livro "PARA AMIGOS DIVERSOS".
Pedro Antonio Lima Santos

Tudofel: Vou embora pro passado

Tudofel: Vou embora pro passado: Vou embora pro passado. Lá, eu sou amigo do réu, que foi condenado ao doce saudosismo das boas lembranças. Assistir, numa tv p&b, Perdid...

sábado, 22 de setembro de 2012

Tudofel: O doce mel da poesia

Tudofel: O doce mel da poesia: Senti afinidade com a poesia (ou vocação de arauto) desde o dia em que, com menos de cinco anos de idade, recitei um poeminha no progra...

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

domingo, 16 de setembro de 2012

A força da fé - Por Carlos Eduardo Esmeraldo


A nossa fé é um dom quase que inexplicável. É a ausência absoluta de qualquer tipo de dúvida. A certeza inabalável da existência do divino e dos dons que todos nós dele recebemos, sem que para isso nada precise nos ser provado. Algo semelhante a quando desejamos encontrar uma determinada rua ou o caminho para chegarmos a uma cidade desconhecida e indagamos a um estranho como encontrá-la. Não duvidamos da informação que nos foi prestada e seguimos em frente com toda confiança, sem a menor suspeita de que o informante poderia estar nos dizendo algo que nos levaria a um precipício ou a uma emboscada.

Às vezes já me perguntaram como sendo eu um professor de matemática, ciência para qual as propriedades necessitam de provas, poderia viver a minha fé. Se não me ocorria nenhum tipo de dúvidas. Respondo que até na matemática, que se rege pelo raciocínio lógico, há verdades axiomáticas para as quais acreditamos sem nenhum questionamento. Afirmações que todo o universo tem como verdadeiras sem necessidade de demonstração.

Para vivência da fé é indispensável a virtude da humildade. Reconhecermos que somos um pequenino grão de areia na imensidão do universo. É por isso que as pessoas mais simples e humildes possuem uma grandiosa fé.

Conta-se que um pobre lenhador vivia sozinho no meio de uma mata trabalhando sem interrupção durante todos os dias. E encontrava uma forma simples de entrar em contato com Deus para que tivesse forças para o trabalho e suportar as agruras da vida e da solidão. Em sua humilde oração ele tinha a mais absoluta convicção de que era atendido. Sua reza era apenas essa: "Senhor, eu sou Joaquim, o resto o senhor já sabe."   

Certa vez, uma emissora de rádio, num de seus programas populares, colocou uma de suas ouvintes no ar. A mulher dizia estar passando muita fome, e por isso quase prestes a morrer, acrescentava. Mas tinha certeza que Deus a livraria daquela situação. Haveria de ser atendida e receberia seu alimento por alguém de bom coração. Um rico capitalista que se deslocava para sua casa com o rádio do carro ligado, ouvindo aquele apelo murmurou: "Quanta ignorância! Quero ver se essa mulher tem a fé que ela diz ter diante da prova que lhe farei". E ordenou aos seus empregados que enchessem o bagageiro do carro com uma grande feira, os mais diversos tipos de alimentos e levassem para ela com uma recomendação. Quando a mulher perguntasse quem lhe mandou aquelas compras, eles lhe dissessem que foi o demônio. E assim foi feito. A pobre mulher, posta diante de tantos mantimentos agradecia a Deus por ter escutado a sua voz. Mas os empregados daquele ricaço, insistiram:
- "A senhora não vai perguntar quem lhe mandou essas compras?"
- "Não me interessa. Deus ouviu o meu clamor."   
Então os homens disseram:
- "Olhe, quem lhe mandou essa rica feira foi o diabo!"
- "Como o meu Deus é grande! Até o diabo obedece a Ele!" Respondeu a fé daquela humilde mulher.

Por Carlos Eduardo Esmeraldo

sábado, 15 de setembro de 2012

Tudofel: A garota mais linda da rua

Tudofel: A garota mais linda da rua: Creio que todos os homens têm bem nítida na memória a imagem indelével de uma mulher. Pode ser a própria mãe, e geralmente o é. Pode se...

Se ligue!


Solenidade de assinatura da Ordem de Serviço do Sítio Fundão acontece na manhã desta sexta



A Reitora da Universidade Regional do Cariri (URCA), Professora Otonite Cortez, e o Vice-Reitor, Patrício Melo, participaram na manhã de ontem, 14, da assinatura da Ordem de Serviço no Parque Estadual do Sítio Fundão, no Geossítio Batateira, pelo Presidente do Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente do Estado do Ceará (Conpam), Paulo Henrique Lustosa. O evento acontece na entrada da Unidade de Conservação de Proteção Integral do Governo do Estado.

O presidente do Conpam vai assinar a ordem de serviço para a Construtora Adois fazer todo o cercamento da Unidade de Conservação e também uma nova guarita, vez que a existente está sem portas e janelas. Com isso, dá início a primeira etapa de obras para revitalizar o Sítio que fica no bairro Franca Alencar, em Crato, e compreende uma área de 93,54 hectares.

A cerca verde será feita em painéis de arame galvanizado e a guarita em tijolo maciço. O prazo para entrega da obra é de 120 dias e custará R$1.150.000,00. Os recursos, segundo informações do Presidente do Conpam, são originários de medidas de compensação e sua aplicação mostra o quanto o Governo reconhece o inestimável valor histórico, cultural e ecológico da área.

O Parque possui uma flora e fauna bem diversificada, na qual nos deparamos com espécies da caatinga e do cerrado, estes remanescentes da mata atlântica, fazendo parte do Geossítio Batateira, área do Geopark Araripe.

FONTE: ASSESSORIA DE IMPRENSA DA URCA

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Exposição em homenagem aos 100 anos de Luiz Gonzaga continuará aberta até dezembro




Continua aberta na Universidade Regional do Cariri – URCA a Exposição Temática “(en)canto: natureza e cultura do Araripe na obra de Luiz Gonzaga o Rei do Baião”, alusiva ao centenário do cantor. Aberto no último dia 22, está sendo desenvolvida  uma programação que vai desde oficinas, com materiais recicláveis, por meio da Pró-Reitora de Extensão e o Geopark Araripe.

Segundo a Pró-Reitora de Extensão, Sandra Nancy, a Exposição dá lume às expressões populares decantadas com originalidade e encanto, revelando outras faces do Nordeste que Gonzaga ajudou a construir. A abertura contou com apresentações de grupos de Exu, cidade natal do Rei do Baião.

A Mostra estará aberta ao público até o mês de Dezembro, quando será celebrado o aniversário de nascimento de Luiz Gonzaga. A cada dia 13 dos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro acontecerão apresentações artísticas envolvendo artistas e grupos culturais, como também serão oferecidas oficinas ministradas pelos monitores do GEOPARK Araripe.

Fonte: Assessoria de Comunicação da URCA