Criadores & Criaturas



"Penetra surdamente no reino das palavras.
Lá estão os poemas que esperam ser escritos.
Estão paralisados, mas não há desespero,
há calma e frescura na superfície intata.
"

(Carlos Drummond de Andrade)

ENVIE SUA FOTO E COLABORE COM O CARIRICATURAS



... Por do Sol em Serra Verde ...
Colaboração:Claude Bloc


FOTO DA SEMANA - CARIRICATURAS

Para participar, envie suas fotos para o e-mail:. e.
.....................
claude_bloc@hotmail.com

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Hoje amanheci antiga, quase ancestral

Hoje eu amanheci antiga, quase ancestral. Só pensava em ouvir Serra da Boa Esperança, uma composição de Lamartine Babo.
Lembrei da magistral interpretação de Tetê Espíndola e da irmã Alzira Espíndola, em disco acústico de 1998. Não deu outra: liguei o som e e a beleza da música e da letra inundou-me casa e alma, me dizendo atemporal, eterna, presente.
Que privilégio!

E quero compartilhar com todos esse vídeo de Eduardo Dussek e Carlos Nava:

http://www.youtube.com/watch?v=NqUiidKS5yw

Serra da Boa Esperança
Lamartine Babo

Serra da Boa Esperança, esperança que encerra
No coração do Brasil um punhado de terra
No coração de quem vai, no coração de quem vem
Serra da Boa Esperança meu último bem
Parto levando saudades, saudades deixando
Murchas caídas na serra lá perto de Deus
Oh minha serra eis a hora do adeus vou me embora
Deixo a luz do olhar no teu luar
Adeus
Levo na minha cantiga a imagem da serra
Sei que Jesus não castiga o poeta que erra
Nós os poetas erramos, porque rimamos também
Os nossos olhos nos olhos de alguém que não vem
Serra da Boa Esperança não tenhas receio
Hei de guardar tua imagem com a graça de Deus
Oh minha serra eis a hora do adeus vou me embora
Deixo a luz do olhar no teu luar
Adeus

2 comentários:

Socorro Moreira disse...

Eu amo essa música . Francisco Alves foi o primeiro a gravá-la.
Engraçado é que ela não lembra meu pai, e sim um moço de Várzea Alegre, que dela gostava e cantava. Claro , que eu me encantava !

Abraços.

Solidariedade nesta saudade .

Stela disse...

Para não ficar antiga demais (kkkkk) tô preferindo as interpretações mais atuais.
xeros