Criadores & Criaturas



"Penetra surdamente no reino das palavras.
Lá estão os poemas que esperam ser escritos.
Estão paralisados, mas não há desespero,
há calma e frescura na superfície intata.
"

(Carlos Drummond de Andrade)

ENVIE SUA FOTO E COLABORE COM O CARIRICATURAS



... Por do Sol em Serra Verde ...
Colaboração:Claude Bloc


FOTO DA SEMANA - CARIRICATURAS

Para participar, envie suas fotos para o e-mail:. e.
.....................
claude_bloc@hotmail.com

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Curtas - XIV - Aloísio

Verso:
Instrumento do poeta,
Que fica exposto
Sem mostrar seu rosto
Aloísio

7 comentários:

Socorro Moreira disse...

Exposto à luz
Inspira o anverso sem registro
A poesia é um sentimento
invisível
Nas entrelinhas ela caminha e treme
Só para se sair do círculo.

Aloísio disse...

Socorro,

Continuemos este círculo maravilhoso!!!

Abraços
Aloísio

Liduina Belchior disse...

Aloísio,

Mostra apenas o rosto da alma.
"Pegando carona" nas palavras de Socorro, amiga querida,continuemos poeta.

Liduina.

Liduina Belchior disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aloísio disse...

Liduina,

É isso mesmo!!!
É a alma que queremos sempre atingir.

Abraços
Aloísio

CARIRI CANGAÇO disse...

Principalmente o tamanho da alma...

Abçs

Manoel Severo

Aloísio disse...

Manoel,

Teu comentário me fez lembrar Fernando Pessoa: "Tudo vale a pena quando a alma não é pequena".

Abraços
Aloísio