Criadores & Criaturas



"Penetra surdamente no reino das palavras.
Lá estão os poemas que esperam ser escritos.
Estão paralisados, mas não há desespero,
há calma e frescura na superfície intata.
"

(Carlos Drummond de Andrade)

ENVIE SUA FOTO E COLABORE COM O CARIRICATURAS



... Por do Sol em Serra Verde ...
Colaboração:Claude Bloc


FOTO DA SEMANA - CARIRICATURAS

Para participar, envie suas fotos para o e-mail:. e.
.....................
claude_bloc@hotmail.com

domingo, 16 de janeiro de 2011

Recomeço. Liduina Belchior.

Voltar para a casa da poesia
Rever velhos amigos com melodia
Vir olhar a janela do âmago,
Retocar o que ficou sem finalizar
Finalmente chegar de fininho e cantar.

Brincar
se alegrar
e enlaçar.

13 comentários:

Emerson Monteiro disse...

Liduína,

Há leveza nos seus versos.

Abraço.

Aloísio disse...

Liduina,

De repente
Como chuva de verão
Você chegou
Trazendo alegrias
Na nova estação.

Demais seu poema!!! Parabéns!!!

Abraços
Aloísio

Liduina Belchior disse...

Obrigada a Emerson e a Aloísio pelos valiosos comentários que me incentivam e acolhem.

Abraços: Liduina.

Manoel Severo disse...

Liduina,

Como fala Emerson Monteiro, a leveza de teus versos tem uma força incomum, quase que sutil, mas invasora, encantadora.

Abraços

Severo

Liduina Belchior disse...

Manoel Severo,

Obrigada pelas suas importantes observações que me enriquecem.

Abraços: Liduina.

Edilma disse...

LIDUINA,

Voltou grandiosa em suas curtas.
Receber comentário de Emerson Monteiro é coisa rara, e ainda do companheiro Alísio em verso e Manoel Severo, é voltar grandiosa.
Seja bem vinda
Também adorei seu poema.
Parabéns.
já estávamos com saudades de voce.

Abraço !

Liduina Belchior disse...

Edilma,

Obrigada menina das artes, menina do AMOR.
"A saudade mata a gente, morena, a saudade mata a gente"...
Obrigada ainda pelo aconchego, pela acolhida.

Abraço grande: Liduina.

Magali de Figueiredo Esmeraldo disse...

Liduina,

Que bom que você voltou!

Abraços

Claude Bloc disse...

Liduina,

Estive em D. Quintino para os festejos de S. Sebastião essa é a razão do meu silêncio estes dias. Mas muito me alegra seu (re)começo, pois sua falta e a ausência de seu toque foram sentidas.

Abraço,

Claude

Liduina Belchior disse...

Claude e Magali,

"Brigada" meninas queridas.

Abraços: Liduina.

Anônimo disse...

Liduina sua volta foi comemorada triunfalmente pelos seus pares.
Voltar sempre é bom e com a acolhida que você teve, melhor ainda. Merece uma taça de champagne.


Luiz Carlos.

Liduina Belchior disse...

Obrigada Luiz Carlos.

Pelo comentário e pelo champagne.Rsrs...
Brindemos!!!!!!!

Abraços: Liduina.

Palloma D'almeida disse...

Liduina,

Amei Liduina seu poema,
muito lindo,como todos os outros que você escreve.

Parabéns.

Abraços,
Palloma