Criadores & Criaturas



"Penetra surdamente no reino das palavras.
Lá estão os poemas que esperam ser escritos.
Estão paralisados, mas não há desespero,
há calma e frescura na superfície intata.
"

(Carlos Drummond de Andrade)

ENVIE SUA FOTO E COLABORE COM O CARIRICATURAS



... Por do Sol em Serra Verde ...
Colaboração:Claude Bloc


FOTO DA SEMANA - CARIRICATURAS

Para participar, envie suas fotos para o e-mail:. e.
.....................
claude_bloc@hotmail.com

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Retalho - poema inédito do grande Assis Lima






Eu ia por um caminho
(e tu também),
avistei um passarinho
que me habitou menino,
e da memória
(seu ninho)
já não pude removê-lo,
e até o vejo
pousar no galho
(que oscila ao seu peso),
girar o bico,
inflar a graciosa coleira
e depois
voar
no arvoredo.

2 comentários:

Socorro Moreira disse...

Quantos passarinhos nos habitam?
Alguns nos tornam meninos
São crianças,os passarinhos !
A leveza da tua poesia nos torna zen qualquer mácula.

Abraços, poeta !

Liduina Belchior disse...

Assis,

Não é a toa que uma mãe brinca de imitar passarinhos.Os pássaros nos levam a natualidade, a pureza, ao Divino, e quem sabe até um pouco ao Nirvana.São criancinhas aladas.
E como Soccorro falou, comtemplando-os, ficamos zen.

Xêro: Liduina.