Criadores & Criaturas



"Penetra surdamente no reino das palavras.
Lá estão os poemas que esperam ser escritos.
Estão paralisados, mas não há desespero,
há calma e frescura na superfície intata.
"

(Carlos Drummond de Andrade)

ENVIE SUA FOTO E COLABORE COM O CARIRICATURAS



... Por do Sol em Serra Verde ...
Colaboração:Claude Bloc


FOTO DA SEMANA - CARIRICATURAS

Para participar, envie suas fotos para o e-mail:. e.
.....................
claude_bloc@hotmail.com

domingo, 2 de janeiro de 2011

POEMA MUSICADO - por Ulisses Germano

Um dia foi visitar a casa de uma amiga que escreve poesia. Aliás ninguém havia combinado nada de se encontrar. Tudo expontâneo, sem veleidade .Chegando em sua casa ela me mostrou vários de seus poemas. Pilhas de papel! Uma pequena biblioteca poética pessoal,  intransferível. O nome dessa amiga é Socorro Moreira. Musiquei algumas poesias quase que instintivamente, instantaneamente. Tudo gravado.  Eis um belo poema transformado em chorinho!

POEMA MUSICADO
(Crônica de um Sentimento)
(Letra: Socorro Moreira; Música: Ulisses Germano)

Existem pessoas que parecem pregos
Nos colam em telas ou no céu da vida
Existem coisas já inatingíveis
Que se escondem sempre
Sem nenhuma pista

Perdi o desejo
De achar no outro
O olhar de encanto
Que me enternecia

Se já não suspiro
Ainda respiro
A paixão que um dia
Me deixou perdida


P.S. estou chegando no Crato, grato!

4 comentários:

Claude Bloc disse...

Parabéns aos dois pela composição.
Falta-nos ouvir a música, mas intuimos que seja coisa boa...

Abraço,

Claude

Socorro Moreira disse...

Ulisses,

Chegue já !

Fiquei surpresa e feliz com esta postagem, para mim especial.

Grande abraço

Aloísio disse...

Ulisses,

Grande letra de Socorro, fica a curiosidade para ouvir a música, com certeza deve estar à altura da letra.

Abraços
Aloísio

Ulisses Germano disse...

Aloisio e Claude, na verdade a música é um samba canção... devo estar gravando este mes no estúdio do Ibertson. Quando estiver pronta com certeza daremos um jeito de chegar até vocês... Obrigado.
Abraço
Ulisses