Criadores & Criaturas



"Penetra surdamente no reino das palavras.
Lá estão os poemas que esperam ser escritos.
Estão paralisados, mas não há desespero,
há calma e frescura na superfície intata.
"

(Carlos Drummond de Andrade)

ENVIE SUA FOTO E COLABORE COM O CARIRICATURAS



... Por do Sol em Serra Verde ...
Colaboração:Claude Bloc


FOTO DA SEMANA - CARIRICATURAS

Para participar, envie suas fotos para o e-mail:. e.
.....................
claude_bloc@hotmail.com

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Injustificável e inadmissível - José Nilton Mariano Saraiva

Até prova em contrário – e temos motivo de sobra pra duvidar que exista uma única e solitária – o senhor Joaquim Pinheiro Bezerra de Menezes é um cidadão detentor da mais alta credibilidade e respeitabilidade, mercê das suas qualidades humanas, morais e intelectuais e porque de tradicionalíssima e honrada estirpe familiar (os Arraes Alencar, originários da cidade de Araripe, mas radicados no Crato durante toda uma vida).
Não pode, pois, passar despercebida (ou ser olimpicamente ignorada), a indignada e seriíssima denúncia por ele veiculada no blog Cariricaturas (datada de 26.11.10), envolvendo um dos principais auxiliares do primeiro escalão da administração do município do Crato, senhor Dr. Procópio, atual presidente da SAAEC (tal denúncia deveria, sim, ser lida nas rádios e televisões do Estado, veiculada nos diversos meios de comunicação impressa da Região e distribuída à sua população).
É injustificável e inadmissível que um servidor público, mormente ocupando a posição que ocupa o senhor Dr. Procópio, se preste a investir de forma tão desrespeitosa, deseducada e descabida contra usuários de uma estatal municipal que trata com o distinto público, principalmente em se tratando de uma pessoa reconhecidamente digna e honrada como o é a senhora Almina Arraes de Alencar Pinheiro (mãe do Joaquim Pinheiro), beirando os 90 anos de idade, matriarca de um clã tão tradicional.
Segundo o relato compreendentemente indignado do senhor Joaquim Pinheiro (no Cariricaturas), por exercer na plenitude sua cidadania e cobrar explicações sobre o abusivo e escorchante aumento da sua conta mensal de água (passou de R$ 70,00 para incríveis R$ 1.200,00), irônica e grosseiramente à senhora Almina Arraes de Alencar Pinheiro teria sido sugerido transferir-se para o Estado de Pernambuco (onde um seu sobrinho é Governador) ou até – é vero, senhores, pasmem - arranjar um emprego que lhe permitisse pagar suas contas.
Há que se destacar, ainda, por dever de justiça, que a senhora Almina Arraes de Alencar Pinheiro anos atrás conseguiu o que a administração do Crato nunca houvera conseguido em termos de marketing: promover o nome da cidade do Crato na mídia nacional, ao mostrar como desenvolveu uma Cartilha de Informática para as pessoas da 3ª idade.
Em tão lamentável ocorrência, observa-se que de uma só “raquetada” o senhor Dr. Procópio (presidente da SAAEC) atropelou o Código de Defesa do Consumidor, investiu contra o Estatuto do Idoso e, principalmente – independentemente da sua condição técnica - denotou não se achar preparado para o exercício da delicada função pública.
Assim, na perspectiva do senhor prefeito do Crato limitar-se a vir a público externar insossas e burocráticas desculpas à família Arraes Alencar, vimos sugerir que a Câmara Municipal, associações comunitárias, clubes de serviço e a sociedade em geral demonstrem todo o seu repúdio e reprovação a tal tipo de comportamento ou atitude, cobrando do chefe da municipalidade providências mais sérias, duras e enérgicas (como a substituição do referido servidor ou a sua remoção para um cargo de retaguarda, onde não tenha que lidar com o respeitável público).

4 comentários:

Socorro Moreira disse...

E olha que nem importa o nome dos envolvidos... O bom antendimento implica , num comportamento geral, a ser praticado por quem lida diretamente com o público, inclusive na retaguarda.

No caso de Dona Almina, pessoa que amamos, é lastimável!
Você e Joaquim foram corajosos. Admiro-os !

Joaquim Pinheiro disse...

Dr. José Nilton,
Sua manifestação, junto com outras que tenho recebido, prova que o querido Crato ainda tem jeito. Afinal, ainda existem pessoas com sensibilidade, capazes de se indigarem com atitudes como o deste cidadão. Minha esperança é que ele reveja sua forma de atender as pessoas, se corrija, e consiga deixar seu nome registrado positivamente para o futuro. Abraços

jose nilton mariano saraiva disse...

Joaquim Pinheiro,
O senhor está de parabéns por ter exercido - na plenitude - sua cidadania.
O tratamento dispensado à senhora sua mãe foi imoral, degradante e vexaminoso, não consentâneo com as normas básicas de civilidade.
Só esperamos que, espelhando-se em seu exemplo, outras pessoas percam a timidez e recato (ou seria temor ???) e, independentemente da "patente" da "autoridade" infringidora da lei, denuncie-a.
Alfim, uma dúvida (que preocupa): é verdade que esse senhor é um dos potenciais candidatos à sucessão do prefeito do Crato, nas próximas eleições ???

Anônimo disse...

Parabens,ao blog cariricaturas que com responsabilidade de um serviso social.Teve a coragem de publicar a carta denuncia de meu irmao Jaoquim pinheiro a quem tiro o chapeu.Nunca tivemos proplemas no nosso amado Crato minha terra natal.Vem esse tal de Dr Procopio Forasteiro ocupar cargos que no Crato tem pessos com muito mais reputaçao e sensibilidade e competencia para tal funçao.