Criadores & Criaturas



"Penetra surdamente no reino das palavras.
Lá estão os poemas que esperam ser escritos.
Estão paralisados, mas não há desespero,
há calma e frescura na superfície intata.
"

(Carlos Drummond de Andrade)

ENVIE SUA FOTO E COLABORE COM O CARIRICATURAS



... Por do Sol em Serra Verde ...
Colaboração:Claude Bloc


FOTO DA SEMANA - CARIRICATURAS

Para participar, envie suas fotos para o e-mail:. e.
.....................
claude_bloc@hotmail.com

domingo, 5 de dezembro de 2010

Ao som de alguns filmes

Vejam que banda musical mais lindas estes filmes tiveram:


video

Um dos filmes mais doces dos últimos anos. Aliás com uma semelhança cinematrográfica, não me pergunte quanto, com o cinema Paradiso. O Carteiro e o Poeta não fala apenas do lugar da poesia no mundo. Fala sobretudo do lugar histórico das pessoas, especialmente Pablo Neruda e a sistemática perseguição que sofreu por suas posições políticas. Aliás o ator que fez o papel do carteiro, e que foi também o roteirista, adiou uma cirurgia cardíaca para fazer as filmagens., No roteiro morre numa luta operário e de fato faleceu logo após as filmagens em consequência de uma parada cardíaca. A música é de Luiz Enriquez Bacalov que pouca gente lembra mas é o autor, junto com Sérgio Bardotti, do musical espetacular os Saltimbancos traduzido por Chico Buarque do qual os Trapalhões filmaram uma versão.


video

Este tema musical marca uma época. Os anos 70, um filme retratando um casal liberal em luta contra o autoristarismo macartista sobre hollywood e a guerra do vietnam. Em inglês chamou-se "The Way We Were" e em português "Nosso Amor de Ontem". O filme é de Sidney Pollack, com Barbara Streisend e Robert Redford. Continua um belo libelo contra preguiçosos que abandonam a luta por mais liberdade e igualdade entre as pessoas.


video

Esta música fiz uma referência mas a Socorro não conseguiu recuperar do Youtube na época. Ela foi trilha sonora do filme McCabe & Mrs Miller (1971), não muito conhecido, mas está aqui pela própria referência ao Leonard Cohen que é de uma geração sofisticada da América do Norte (EUA e Canadá) muito urbanizada, cheia de dramas existenciais e muita psicoanálise por explicação (Woddy Allen). Leonard foi ativista pró Israel, participou de alguns movimentos mais politizados, andou em diversas religiosas. Esta interpretação da cantora inglesa Beth Orton considero de uma energia sem igual. Ouçam.

Um comentário:

Socorro Moreira disse...

Uauuuuuuuu
Eu estava catando midis de filmes, e quando chego pra postar, encontro minas , postadas por ti.
Demaissssssssssssss
Deixo as minhas para outra oportuniudade.
Me Aguarde. Tem DESCONTO!