Criadores & Criaturas



"Penetra surdamente no reino das palavras.
Lá estão os poemas que esperam ser escritos.
Estão paralisados, mas não há desespero,
há calma e frescura na superfície intata.
"

(Carlos Drummond de Andrade)

ENVIE SUA FOTO E COLABORE COM O CARIRICATURAS



... Por do Sol em Serra Verde ...
Colaboração:Claude Bloc


FOTO DA SEMANA - CARIRICATURAS

Para participar, envie suas fotos para o e-mail:. e.
.....................
claude_bloc@hotmail.com

domingo, 5 de dezembro de 2010

Dicas Para Pensar. Liduina Belchior.

Amanheci pensando nas postagens da semana no Cariricaturas: Pássaros (foi a tônica) , Eterna Adolescência, Prendas,Felicidad por Cacá, Invicta Judite, paisagens lindas, poemas diversos, inclusive os de pleno torrão regional por Assis Lima, somando aos artigos maravilhosos dos nossos mestres.

Ai, sem saber porque lá vem o tema AMOR mais uma vez. O amor é engraçado e grande. Ele aumenta e se solidifica a medida que sua frequência em estar junto ao outro, habitar mesmo dentro do outro acelera. É tão simples amar. Não é nada complicado. Rita Lee traduz bem meu pensamento em uma de suas músicas, quando diz: "Chega mais, chega, chega maaaaaiiiiiss"... Quanto mais vai " amiudando" a presença junto ao ser amado mais cativante se torna esse sentimento. É essencial dizer um "alô", um "oi", "to indo dormir", vou viajar, cheguei, passei só para um beijo, elogiar a beleza um do outro mesmo que apenas eles vejam essa "boniteza", uma pitadinha saudável de ciúmes e uma pequena preocupação com a vida do ser querido.

Se não existir este aconchego o amor vai se "dismilinguindo", ficando sem tempero, e puff... Morre. Esse estigma de amor sem cobrança, amor sazonal, é para quem quem não quer e NÃO SABE AMAR.
Faustão em de seus programas de domingo, perguntou a atriz Maitê Proença por que tanto tempo com a mesma pessoa? Ela respondeu: " Porque ele sabe amar bem". Simples não, "galera'? Outra dica é não ter medo de dizer: Eu te amo, você é importante prá mim...Acaso o ente querido fique convencido, arrogante, por isso, sintomaticamente é uma pessoa insensível; Não serve para ninguém amar.Eis o meu recado de hoje. Bom domingo a todos.

Dedico este texto a Luiz Carlos.

9 comentários:

Socorro Moreira disse...

Esse recado é um lembrete permanente .
Tomara que ninguém esqueça !
Você arrasou, Liduína Belchior !

Abraços.

Liduina Belchior disse...

Obrigada Socorro,

Amiga querida, especial, presente,
a qual é fonte de inspiração permanente para mim.

Abraços, musa: Liduina.

tatiana disse...

Lidu, existem muitas formas de se Amar, a mar a vida, a familia os amigos, e principalmente, amar a Deus e a nós mesmo. Como é maravilhoso amar, tudo fica realmente lindo. Viva o amooooooooooo.

tatiana disse...

Hoje, alias, todos os dias, amo a vida, sabendo, que sempre haverá alegrias e tristezas, erros e acertos, mas a vida é isto, cheio de surpresas, onde a gente realmente aprende o que é vida. E o amor faz com que a gente supere tudo que aparece no nosso dia. Um grande abraço amiga. Você sempre superando cada dia o que escreve. Parabéns pelo belo texto.

Liduina Belchior disse...

Tatiana,

Obrigada duas vezes.Rsrs...
Você me capta direitinho, me lê e nossa amizade se solidifica cada vez mais.
Eu sempre estou amando. Aliás: acordo amando e vou dormir amando.
O amor é a palavra chave de minha vida.
Bjos: Liduina.

Luiz Carlos disse...

Com freqüência visito o blog Cariricaturas para ler os textos postados por Liduina e outros autores e apreciar a beleza das fotografias publicadas. Mas hoje confesso que tomei um susto quanto li ao término de “Dicas Para Pensar” a musa Liduina dedicando o texto a mim. Dizer que não fiquei feliz não estaria sendo sincero. Nem vou perguntar à musa Lidu porque ela me fez essa dedicação. Meu coração saberá perceber mesmo que palavras não sejam pronunciadas.
“Dicas Para Pensar” evidenciam pureza e a simplicidade do amor. O amor o que é? É atenção, é ouvir o que o outro diz, é a partilha de pensamentos e enfim, não existem manuais para ensinar a amar, porque o amor nasce de cada um de nós.

Liduina Belchior disse...

Luiz carlos,

Como você mesmo escreveu, seu coração sabe o porque da dedicatória.
Então não há necessidade de mais explicações.

Um amoroso abraço: Liduina.

João disse...

Olá Liduina, costumo dizer que seus textos são de fácil compreensão e que suas palavras são mais que verdadeiras!

É FATO!

É simples perceber como tudo se renova e simplifica-se ao ler suas palavras, percebe-se que deixar com que o coração fale por você lhe faz escrever coisas lindas, e representar momentos e sentimentos até então vividos por muita gente! Principalmente por aquelas que sabem amar, aquelas que sabem reconhecer que nos simples gestos estão grandes sentimentos e que tais sentimentos são puros e verdadeiros!

Sou muito fã das suas postagens! Parabéns que DEUS e ilumine hoje e sempre!

Toda felicidade do mundo para você, você merece!

Abraços

Liduina Belchior disse...

Obrigada João,

Você com seus comentários ( que valem mil), só me estimula.

Abração : Liduina.