Criadores & Criaturas



"Penetra surdamente no reino das palavras.
Lá estão os poemas que esperam ser escritos.
Estão paralisados, mas não há desespero,
há calma e frescura na superfície intata.
"

(Carlos Drummond de Andrade)

ENVIE SUA FOTO E COLABORE COM O CARIRICATURAS



... Por do Sol em Serra Verde ...
Colaboração:Claude Bloc


FOTO DA SEMANA - CARIRICATURAS

Para participar, envie suas fotos para o e-mail:. e.
.....................
claude_bloc@hotmail.com

sábado, 11 de dezembro de 2010

Lale Ardersen VIDA Lili Marleen - José do Vale Pinheiro Feitosa

video

Em 1981 o diretor alemão Rainer Werner Fassbinder ofereceu ao público mundial um dos filmes mais belos daquela década. Trata-se do filme Lili Marlene estrelado por Hanna Schygulla, Giancarlo Giannini e Mel Ferrer. O enredo envolve, uma cantora alemã trabalhando na Suíça, na segunda grande guerra, numa grande paixão por um pianista judeu. O pai dele magnata e envolvido com a fuga de judeus da Alemanha teme a cantora e dar um jeito dela retornar para ao país de origem e não mais ser aceita na Suíça. Sem alternativa ela termina trabalhando como cantora nas cervejarias alemãs até que fortuitamente entra em contato com um produtor musical da máquina de propaganda nazista. Por conta disso termina por gravar uma música de um compositor pouco conhecido e que na primeira guerra compôs a canção Lili Marleen. A canção se referia a duas namoradas que ele teria uma chamada Lili e a outra Marleen.

O disco não teve qualquer repercussão até que numa rádio alemã na Iugoslávia ocupada, na falta de disco, toca aquele. Resultado a música torna-se a maior referência musical nas trincheiras de guerra de todos os exércitos em campanha. A música surpreende pela história banal de amor e pela doçura de sua letra e música. Tudo muito diferente das marchas marciais do Reich. Repito a canção virou um sucesso mundial e até hoje é referência de grande música.

A história é da cantora alemã Lale Andersen que foi alçada ao estrelato sem querer e por acaso. Tinha uma bela voz e tornou-se, ao lado de Marlene Dietrich, em mundos diferentes e por causas distintas, uma forte presença feminina alemã na história da época.

Um comentário:

socorro moreira disse...

Hi Lili Hilo
Trem da Alegria
Composição: Deutsch / Kaper (versão: Haraldo Barbosa)

Um passarinho me ensinou
Uma canção feliz
E quando solitário estou
Mais triste do que triste sou
Recordo o que ele me ensinou
Uma canção que diz:

Eu vivo a vida cantando
Hi, Lili, hi, Lili, hi lo
Por isso sempre contente estou
O que passou, passou

O mundo gira depressa
E nessas voltas eu vou
Cantando a canção tão feliz que diz
Hi, Lili, hi, Lili, hi lo
Por isso é que sempre contente estou
Hi, Lili, hi, Lili, hi lo

Eu vivo a vida cantando
Hi, Lili, hi, Lili, hi lo
Por isso sempre contente estou
O que passou, passou

O mundo gira depressa
E nessas voltas eu vou
Cantando a canção tão feliz que diz
Hi, Lili, hi, Lili, hi lo
Por isso é que sempre contente estou
Hi, Lili, hi, Lili, hi lo